Desenvolvedor back end: o que faz, formação e salário

Esteja aberto a aprender novas linguagens e tecnologias ao longo da sua carreira, pois o campo de desenvolvimento back end está em constante evolução. Lembre-se de que a escolha da linguagem de programação back end depende das necessidades https://jcreporter.com.br/rui-costa-entrega-pavimentacao-de-205-quilometros-da-br-420-em-sao-felix/#comment-2438653 específicas do seu projeto e de sua experiência prévia. Este guia completo foi projetado para orientá-lo nessa decisão, fornecendo informações valiosas sobre as principais linguagens utilizadas no desenvolvimento back end.

  • Essas são apenas algumas das principais linguagens de programação back end mais populares atualmente.
  • Existem diversas linguagens de programação voltadas para o desenvolvimento de backend, e algumas delas se destacam por sua popularidade e uso generalizado.
  • Operações feitas através de um computador, desde as mais simples até as mais complexas, precisam de um direcionamento, determinando como essas funções se comportarão.
  • TypeScript é outra tecnologia inovadora em nossa lista de linguagens de programação de back-end populares.

Robustez é igual a confiabilidade, e nenhuma outra linguagem, exceto o Java, garante isso. O Java possui capacidades de multithreading para maximizar a utilização da CPU e proporcionar aos usuários tempo de resposta mais rápido, operações múltiplas, melhor desempenho e acesso concorrente mais rápido. Elas contêm uma grande quantidade de código pré-escrito, tornando o processo de codificação simples e o tempo de desenvolvimento mais curto. Ao mesmo tempo, o Python permite o desenvolvimento manual de quaisquer funções personalizadas necessárias. Além da linguagem ser utilizada no desenvolvimento back-end, o C-Sharp também é muito utilizado no desenvolvimentos de games, aplicativos de desktop e também em sistemas incorporados.

Outras habilidades que você precisa saber

Do outro lado, o desenvolvimento Back-end, orientado por dados, opera na camada de dados do lado do servidor com funcionalidades da solução de software que os usuários não veem. Sendo assim, front-end e back-end estão bastante ligados, porém o segundo é voltado aos bancos de dados e servidores; responsável por atualizações, mudanças, segurança, gerenciamento de conteúdo, estrutura, etc. Se tomarmos o exemplo das redes sociais, seu funcionamento só é possível com um banco de dados que contenha informações como nome, data de nascimento, foto de perfil, e por aí vai. Nesse sentido, as linguagens de programação de back-end têm grande envolvimento. Essas tecnologias de script do lado do servidor podem influenciar a velocidade, a escalabilidade e o sucesso do seu projeto. Um desenvolvedor back end é formado em áreas relacionadas à ciência da computação, engenharia de software ou áreas afins.

  • Lembre-se de que a escolha da linguagem de programação back end depende das necessidades específicas do seu projeto e de sua experiência prévia.
  • Essas são apenas algumas das principais linguagens de programação back end disponíveis.
  • Além disso,  pode ser empregada tanto para o desenvolvimento desktop quanto para web, contando com um gerenciamento automático de memória.
  • De acordo com a pesquisa do Stack Overflow de 2022, o ASP.NET Core obteve mais de 71% dos frameworks mais amados pelos desenvolvedores.
  • Além disso, oferecemos várias vantagens, como materiais atualizados constantemente, acesso vitalício aos cursos, certificado de conclusão e um renomado instrutor, Matheus Battisti, que guiará você em cada passo.

Alguns dos mais populares para o backend incluem Express.js (JavaScript), Django (Python), e Spring Boot (Java). Aprenda a trabalhar com o desenvolvimento do Back-End de aplicações utilizando uma das principais linguagens de programação da atualidade, o JavaScript, e uma das principais ferramentas do mercado, o NODE.js. Sem dúvidas, essa é uma das linguagens de programação mais complicadas de aprender da nossa lista. Devido a complexidade dos sistemas, foram direcionadas partes específicas de uma aplicação. De um lado, o front-end atua com os elementos gráficos de um site ou aplicativo para a interação do usuário (lado cliente).

O que é backend?

Outro ponto positivo é que você poderá atuar não só como pessoa desenvolvedora back-end, mas também como full-stack se possuir noções de front-end. Apesar da vasta quantidade de bibliotecas para serem utilizadas, o Python também é um grande dependente delas. Por isso, para um uso mais avançado da linguagem, será necessário ficar à mercê delas.

principais linguagens back end

Cabe também à pessoa desenvolvedora back-end zelar pela segurança da aplicação e de seus dados. As linguagens back-end permitem a construção de códigos para realizar a comunicação cliente-servidor, através da criação de APIs. Essas aplicações são pontes que conectam as ações visíveis na interface do sistema com um servidor, que permite o acesso ao banco de dados. Sim, esta tecnologia permite que os desenvolvedores escrevam códigos simples e curtos em um tempo mínimo. Resumindo, se você precisa de uma alternativa menos demorada ao Java, você pode considerar o Kotlin. É uma linguagem recente que compreende em profundidade ameaças e vulnerabilidades cibernéticas.

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *